Perfil Consultores Clientes Contato Home
 



 

 

Habilidades de
Mudanças
Gerenciais

Performance e
Mudança
Organizacional

Mudança em
Culturas Diferentes

Desenho
Organizacional e o
Processo de
Transição

Reestruturação em
Downsizing,
Fechamento ou
Realocação

 

MUDANÇAS ORGANIZACIONAIS

O que são Mudanças Organizacionais e Gerenciamento de Mudanças Organizacionais?

Por que os Esforços para Mudar Costumam Falhar?

Sintomas Indicativos da Necessidade de Reestruturação Organizacional


Desenho Organizacional e o Processo de Transição

A mudança organizacional é uma realidade do mundo atual e tal realidade provavelmente não mudará tão cedo. As empresas devem esperar enfrentar ainda mais mudanças no futuro, em ritmo cada vez mais acelerado.

As organizações têm que lidar com novas tecnologias e atualizações das tecnologias existentes. Têm que enfrentar reorganizações empresariais, iniciativas de melhoria de processos e também fusões e aquisições.

São relativamente poucas as organizações que instituem mudanças (ou são forçadas a isso) que percebem os benefícios almejados e, na verdade, muitas acabam em situação pior do que antes. Isto não significa que seja impossível partir para uma mudança de sucesso. Algumas organizações têm êxito integrando soluções técnicas que façam parte do conjunto de mudanças, com profunda e pró-ativa orquestração dos aspectos humanos associados à mudança.

As organizações que obtêm êxito nas mudanças levam em conta as pessoas afetadas por elas, que têm que conviver com elas e que são cruciais para a realização das próprias mudanças em questão. O gerenciamento dos aspectos humanos de uma mudança organizacional não só ajuda a assegurar seu sucesso, como também forma a base para a implantação de soluções futuras, aumenta o sucesso de implementações técnicas e reduz as inevitáveis quedas na produtividade e na qualidade, que geralmente acompanham as mudanças.


O que são Mudanças Organizacionais e Gerenciamento de Mudanças Organizacionais?

Mudança organizacional é a implementação de novos procedimentos ou tecnologias projetadas para realinhar a organização com as constantes mudanças nas demandas de seu ambiente de negócios, ou que queira conquistar novas oportunidades de negócios.

A mudança organizacional abrange a introdução de novos processos, procedimentos e tecnologias, talvez desconhecidos, que constituem uma abordagem diferente daquilo que as pessoas envolvidas geralmente consideram como a forma tradicional, prática e familiar de realizar seu trabalho. Assim, do ponto de vista individual, a mudança pode causar emoções e reações que vão do otimismo ao medo, podendo incluir ansiedade, desafio, resistência, ambigüidade, energia, entusiasmo, incapacidade, receio, pessimismo e motivação.

O gerenciamento da mudança organizacional é o processo de reconhecer, guiar e administrar essas emoções e reações humanas, de modo a minimizar a inevitável queda de produtividade que geralmente acompanha as mudanças.


Por que os Esforços para Mudar Costumam Falhar?

Quase sempre, os esforços para mudar falham porque algumas organizações não reconhecem e deixam de administrar os componentes humanos da mudança.

Novas soluções técnicas requerem o envolvimento de pessoas, em uma organização, que estejam dispostas a alterar seus comportamentos e formas de pensar. Para alcançar isto é preciso tempo, motivação, habilidades e prática. Contudo, porque as mudanças de comportamento e maneiras de pensar são menos tangíveis e geralmente consomem mais tempo do que as soluções técnicas, os aspectos humanos acabam não recebendo a devida atenção.


Sintomas Indicativos da Necessidade de Reestruturação Organizacional

  • Novas habilidades e capacidades são necessárias para atender às exigências operacionais atuais ou esperadas.
  • A responsabilidade pelos resultados não é claramente comunicada e mensurável, o que resulta em avaliações de desempenho subjetivas e tendenciosas.
  • Partes da organização estão com excesso ou falta de pessoal necessário.
  • As comunicações organizacionais são inconsistentes, fragmentadas e ineficazes.
  • A tecnologia e/ou inovação estão produzindo mudanças no fluxo de trabalho e nos processos de produção.
  • Contemplam-se grandes aumentos ou reduções de pessoal.
  • Retenção e rotatividade de pessoal são problemas significativos.
  • A produtividade da força de trabalho está estagnada ou em deterioração.
  • O moral está se deteriorando.

® DIRECTION RH – Soluções em RH • Rua Comendador Miguel Calfat, 128 • Cj.1402
04537-080 • Vila Nova Conceição • São Paulo/SP • Brasil • +55 (11) 3044-5001 • directionrh@directionrh.com.br
Copyright © 2004 DIRECTION RH – Soluções em RH • Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Web Sites Factory